A aposentadoria no Brasil pode ser um processo bastante complexo, já que envolve uma série de variáveis e de regras bastante específicas. As formas de funcionamento da aposentadoria também são diferentes, por exemplo, entre as atividades e os gêneros e por isso é tão importante que o trabalhador conheça quais são seus direitos e deveres pra conseguir ter direito ao seu benefício de maneira mais simplificada.

No caso de servidores públicos essas dúvidas podem ser ainda maiores, já que cada área pode ter suas especificidades. Essa informação, entretanto, quase sempre aparece de maneira incessível ou complicada, dificultando quem deseja saber como se planejar para se aposentar, por exemplo.

A análise antes e depois da aposentadoria exige uma avaliação completa de todo o histórico de contribuições, conferência da atualização monetária destas, verificação dos lançamentos, avaliação das verbas que foram consideradas pelo instituto de previdência, verificação da melhor especie de aposentadoria para o caso específico do servidor, exclusão em alguns casos das menores contribuições para melhorar a média, enfim, realizar uma verdadeira investigação comparativa com toda a documentação em mãos, sendo que depois de aposentar a revisão, via de regra, acaba ocorrendo na justiça, pois os órgãos administrativos, normalmente, tendem a não revisar processos de aposentadorias  já concedidos.